Versão para impressão
Enviar por e-mail
Conheça o autor


 Em pleno Século 21, com toda tecnologia e facilidade de informação existem políticos que ainda tratam a população como verdadeiros idiotas, marionetes, que só lhes servem na hora do voto.

                 Em parte, é claro, a culpa disso é da própria população que se deixa ser manipulada durante anos, aceitando as desculpas esfarrapadas de administrador desonesto que jura pela alma de sua mãe que não tem verba para realizar essa ou aquela obra e de repente, não mais que de repente, em ano eleitoral tudo muda.

                 A cidade que ficou abandonada durante três anos vira um canteiro de obras, com ruas sendo recapeadas, prefeitura reformada, bairros abandonados recebendo saibro e até o atendimento de alguns funcionários públicos muda, se tornam simpáticos e atenciosos.

                 Não somos contra a realização de obras a qualquer época. É por isso que temos lutado nos últimos 03 anos. O que nos irrita é o descaramento desses políticos que passam 03 anos sem assentar 01 tijolo e de um minuto para o outro encontram solução para os problemas da cidade.

                 Isso é um desrespeito ao eleitor que votou para ter prefeito por 4 anos e não apenas nos meses que antecedem as eleições.

                 Se antes não havia dinheiro e condições de se fazer algo pelo município, por que agora tem? Qual o segredo?

                 Falando em segredo, quem tem a chave do cofre? Esse cofre é automático e só abre na época das eleições?

                 Como pode um homem público, eleito e pago pelo povo, tratar a população como verdadeiros imbecis?

                Esses tipos de políticos agem como vampiros, verdadeiros morcegos. Mordem o povo por três anos, e no ano de eleição assopram.

                 Quando uso o termo «Mordem o Povo» estou me referindo ao fato de eles tirarem da população o direito de saúde de qualidade, bom atendimento na área social, estradas rurais descentes para o escoamento da produção, e uma sede do município limpa e bem cuidada com investimentos no esporte e na educação.

                 Quem esses políticos pensam que são para achar que podem enganar o povo quando e como quiserem? Onde  está o temor à Deus dessas pessoas?

                 Bem amigo leitor e eleitor, aproxima-se o momento da verdade. Muitas pessoas ainda não tem acesso a determinadas verdades, ainda se deixam levar pelo discurso emocionado (e falso) e obras de última hora. Cabe a cada um de nós esclarecermos realmente quem é quem nestas eleições.

                 Lembre-se: sua decisão nas urnas nessa eleição vale por quatro anos e não por alguns meses, e exemplo de voto errado, ao menos em Espera Feliz, todo mundo tem.


Autor: Marcos Menezes

Tags relacionadas:

Compartilhe:


09/06/2012 às 08h58m - Atualizado 09/06/2012 às 09h00m

Finalmente uma boa notícia.

Para uns sim, para outros nem tanto.

Versão para impressão
Enviar por e-mail
Conheça o autor

A partir de agora, não adianta mais desculpas de falta de acesso ao que é feito nas administrações públicas. Entrou em vigor na quarta-feira (16) a Lei da Transparência Pública. Pela internet, ou em postos que devem ser devidamente instalados, tudo o que é feito em atividades, projetos, orçamentos, licitações e obras públicas, pode ser acompanhado de perto pela população.

                Por exemplo, se você quiser saber quantas pessoas, representando Espera Feliz, estiveram presentes no Salão Mineiro de Turismo, quem pagou a viagem, a estadia e o almoço na churrascaria basta que você faça uma solicitação por escrito a secretaria responsável.

                Ou, se você quiser saber quanto custou cada carteira de plásticos que foram distribuídas nas escolas municipais, quem vendeu, se o preço era justo e se só tinha da cor amarela (cor da campanha do atual prefeito) basta que você envie uma solicitação a secretaria de educação por exemplo.

                Mas talvez você queira informações sobre licitações que aparecem e somem da internet. Sabe aquelas licitações que as pessoas procuram o órgão responsável para pegar os documentos para poder participar e os documentos somem ninguém tem cópia? Então se alguém aparecer de uma hora para outra como ganhador dessa licitação você tem direito a todas as informações. Já quem faz isso tem direito a ir para trás das grades.

                Ou seja, nos foi dado um excelente instrumento de fiscalização, basta que façamos uso dele. Ao invés de ficarmos reclamando nas esquinas ou nos botequins, basta que exerçamos nosso direito de cobrar informações e punição para quem estiver errado.

                Para nós da imprensa será maravilhoso, já que a coisa mais difícil do mundo é conseguir informações em certos órgãos e públicos de determinado município, se é que estão me entendendo.

                Falando nisso, nos gostaríamos de saber algumas informações sobre uns panfletos que foram confeccionados para o Salão Mineiro de Turismo e posteriormente distribuídos no comércio local, como por exemplo:
- Quem mandou confeccioná-los e quem pagou por eles?
- Se foi a prefeitura, foi feito licitação ou carta convite?
- Por que no folder não diz a quantidade impressa?
- Por que não consta o nome da empresa que os imprimiu?

                Na verdade estamos usando esse folder só como um exemplo de como as coisas acontecem nas administrações de forma meio que fantasma. Tipo ninguém sabe ninguém viu.

                Agora com a Lei 12.527, coitado daquele que fizer o que não deve, já que caso a instituição dê informações erradas terá que responder por isso junto ao Ministério Público.

                Em pleno ano de eleição colocar essa lei em prática é mais que um direito, é um dever do cidadão.

                Já pensou se alguém resolver pedir os documentos que comprovam os gastos informados naquele informativo da prefeitura municipal de Espera Feliz? Vai ter gente com medo de ver o sol nascer quadrado, pode apostar nisso.

                Fica então a dica, você cidadão consciente, utilize esse direito que é seu e de toda gente.

 

                Esta é realmente uma boa notícia... Mas não pra todo mundo.


Autor: Marcos Menezes

Tags relacionadas: Marcos menezes, gazeta, prefeitura, obras, Espera Feliz, editorial

Compartilhe:


16/05/2012 às 10h58m

Mentiras e enganações...

Versão para impressão
Enviar por e-mail
Conheça o autor

Nossos leitores estão acostumados com nossas críticas com relação a atual administração de Espera Feliz.

          Todos sabem que temos chamado a atenção para a falta de capacidade administrativa do prefeito Aloísio Barbosa, seu vice Ronaldo Machado e de sua equipe.

            Tudo o que temos dito se refere à denúncias feitas por nossos leitores e por situações que nós mesmos temos acompanhado no dia a dia do município. Sempre temos comprovado nossas denúncias através de fotos que falam por si.

            Ultimamente o que tem chamado nossa atenção é uma quantidade enorme de informações vindas da atual administração sobre possíveis obras realizadas e seus valores. Isso sem falar nas promessas malucas de obras que ainda irão acontecer no atual governo.

            Ser incompetente não pode ser considerado pecado, muito menos ser sinal de má fé. É burrice mesmo, é falta de capacidade de gerir um município. Fazer o que?

            Agora quando o administrador trata o povo como um bando de idiotas aí a coisa fica diferente. Existem situações que simplesmente não dão pra vivenciar e ficar calado.

            No jornal lançado pela atual administração mostrando a quantidade de obras realizadas no município e os supostos valores gastos, tem coisas que não se encaixam. Acompanhe abaixo alguns exemplos:

01- A ponte de São Sebastião aparece como por milagre em São Gonçalo. Devem tê-la tele transportado ou coisa do tipo;

02 - A ponte da Forquilha do Rio, que foi feita em parceria com a Prefeitura de Dores do Rio Preto é anunciada no valor de 20 mil reais. De acordo com informações, o município vizinho gastou apenas 5 mil reais e a mão de obra foi cedida pela comunidade. Onde foram parar os outros 15 mil de Espera Feliz???

03 - O prédio do INSS é apresentado como uma conquista do atual governo. Mentira pura! Ele foi conseguido no governo anterior;

04 - A reforma do chafariz foi orçada em 80mil reais e ele simplesmente não funciona. Seria o caso do Ministério Público investigar se esse dinheiro não escorreu pelo ralo.

            Bem agora vamos falar das promessas:

01-Em plena campanha para deputado estadual eles anunciaram que o contorno rodoviário teria início até o final daquele ano (2010);

02- O prefeito municipal disse em uma reunião com representantes do SEBRAE que a rua Carangola será o novo cartão postal da cidade, que a verba já está no banco. Alguém acredita nisso?

03- O Carnaval foi cancelado para que a verba fosse usada na compra de 01 ambulância. Cadê essa tal ambulância? Alguém viu?

            Quer saber de uma coisa, ou esse pessoal é muito sinico ou é louco.

            Um bom conselho seria colocar todo esse pessoal da atual administração na tal ambulância do Carnaval, fazer eles passarem pelo bairro Vale do Sol 2 (que está abandonado), darem uma volta pelo contorno rodoviário e depois se jogarem da ponte de São Gonçalo ou de São Sebastião (não dá pra saber direito), mas antes seria bom eles tomarem um banho de descarrego no chafariz.

            Se não couber todo mundo na ambulância é só colocar o restante no novo caminhão de lixo, que tem um slogan bem sugestivo:

"Espera Feliz uma cidade limpa."

            Por enquanto pode até não ser, mas a partir de 01 de janeiro de 2013 com certeza será. Afinal ninguém quer mais esse povo destruindo nosso município, e as eleições estão chegando, o troco vem aí.


Autor: Marcos Menezes

Tags relacionadas:

Compartilhe:


12/04/2012 às 17h20m - Atualizado 13/04/2012 às 10h27m

Espera Feliz... Tem solução???

Versão para impressão
Enviar por e-mail
Conheça o autor

Em nossa última edição fizemos uma gentil e objetiva sugestão ao atual prefeito de Espera Feliz, Sr. Aloísio Barbosa. Sugerimos a ele que assumisse sua incapacidade de administrar o município.

           Infelizmente segundo informações de pessoas próximas a ele, esta não parece ser a sua intenção, muito pelo contrário, ele espera ser candidato à reeleição e conta a vitória como certa.

            Bem, nesse caso existem três opções:

1- Ou ele acredita em contos de fadas;

2- Ou ele vai resolver todos os problemas de Espera Feliz (que não resolveu em 3 anos) até as eleições (antes é claro).

3- Ou a terceira e mais provável opção é a de que ele realmente acha que o povo de Espera Feliz é um bando de trouxa e que vão se deixar envolver novamente por sua conversa mole.

            Dizem que ele alega que uma série de benefícios está chegando a Espera Feliz, como caminhões, máquinas, etc, etc, etc.

            Realmente acaba de chegar um caminhão de lixo novinho, apesar de o carnaval ter sido cancelado com a promessa de 01 ambulância. A não ser que o prefeito considera a população um lixo e pretende transportá-la no caminhão.

            Dizem que ele reformou diversas escolas, realmente os pais dos alunos da Crescendo e Aprendendo, estão sendo coagidos a vender bilhetes de ações entre amigos para reformar a creche. Será que foi assim que se reformaram as tais escolas?

            Ele alega que nada pode fazer para arrumar a Avenida Beira Rio e as ruas de acesso ao Bairro do Sol, pois encontrasse em processo jurídico e coisa e tal. Mentira pura, os laudos técnicos já foram realizados. Não arruma por que não quer, por que não tem competência para isso. E, diga-se de passagem, esse serviço porco foi realizado na época que ele era vice-prefeito na gestão do Prefeito Tarcísio.

O homem quer ser candidato à reeleição enquanto o Buraco do Roque faz aniversário de 01 ano, com festa e tudo.

            Ah e tem mais, pelo fato de ele aspirar ser candidato já começou a pressão para conseguir votos. Segundo denúncias para conseguir um alvará para eventos ou se fazer um cartaz, primeiro tem que passar pela aprovação dele e de um pessoal de moral duvidosa que tentam barrar qualquer menção a outros possíveis candidatos. Coisa de louco, coação mesmo.

            Totalmente sem noção, o homem que se diz de Deus está usando os meios mais escusos, vergonhosos e desonestos para conseguir seus objetivos.

            Diariamente recebemos denúncias e reclamações de todas as partes do município sobre:

 

-Descaso com as Estradas Rurais;

-Rua Carangola abandonada;

-Uso de caminhão de carroceria alugado para transportar lixo;

-Livros novos enviados para reciclagem;

-Uso de veículo da prefeitura para buscar flores no Rio de janeiro, ou seja lá onde for;

-Ruas esburacadas no centro da cidade, ou melhor na cidade inteira;

-Venda de bilhetes de ação entre amigos para reforma de creche;

-Ruas imundas, etc, etc, etc...

 

            Só existe uma solução para isso tudo: Nunca mais vote nem em quem representa a atual administração e muito menos em quem ele indicar.

Autor: Marcos Menezes

Tags relacionadas:

Compartilhe:


02/04/2012 às 16h50m

Editorial

Versão para impressão
Enviar por e-mail
Conheça o autor

Já se vão três anos que venho debatendo incansavelmente o caos administrativo no qual Espera Feliz se afundou. No início fui criticado, alguns diziam que nossas denúncias não tinham fundamento. Chegaram até a dizer que fotos dos problemas da cidade publicadas em nosso jornal não eram de Espera Feliz. Diziam que eu tinha um problema pessoal com o prefeito (a primeira bicicleta do filho dele foi eu que dei) ou que escrevia tudo aquilo simplesmente porque eu era da oposição. Mente pequena e visão política deturpada daqueles que disseram isso. Na verdade minha intenção era apenas alertar para o descaso da administração pública e o desmando de secretários e funcionários em cargos de confiança, alguns contratados e outros cabides de emprego. O tempo foi passando e hoje a situação é bem pior do que imaginei em meus piores pesadelos. A situação é tão grave que algumas pessoas partiram para a violência, jogando pedras na casa do prefeito e na prefeitura. Uma atitude irresponsável e inconsequente, que eu abomino, diga-se de passagem. Agora falta menos de 01 ano para terminar o atual mandato e para quem não sabe, uma fonte ligada diretamente ao prefeito nos confidenciou que parte do primeiro escalão da prefeitura foi em romaria implorar para que ele renunciasse ao cargo. Acham que estou feliz com essa situação? Que sinto prazer em ouvir o nome de Espera Feliz virar piada na região e até na internet? Não, eu não sinto, pois amo minha cidade e desejo para ela desenvolvimento e progresso com melhoria da qualidade de vida de nossa população. 04 anos de estagnação administrativa representam 20 anos de atraso para a cidade. Como é triste, ver uma bela cidade como Espera Feliz definhar. Ah, como eu queria não ter tido razão.

E que venham as eleições!


Autor: Marcos Menezes

Tags relacionadas: editorial, polêmica

Compartilhe:


Perfil

Editor Chefe do Grupo Regional de Comunicação