Notícias

Cuidados extras com o pet no horário de verão

O horário de verão pede alguns cuidados extras com os nossos pets. Por exemplo, o número de parasitas e carrapatos nessa época do ano aumenta, sendo necessária atenção redobrada. Confira mais!

Em 23/10/2017 às 09h12


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

O horário de verão já começou e, com ele, surgem alguns cuidados extras na rotina do pet.

A veterinária Andressa Felisbino, da DrogaVET, explica que, por exemplo, o número de parasitas e ectoparasitas aumentam nessa época. Além disso, com o calor, é mais comum passeios em parques, o que pede atenção especialmente com os carrapatos. "Eles são comuns em parques e transmitem doenças graves. Portanto, fique atento e examine seu animal sempre que ele sair para áreas externas (na rua ou no quintal também), principalmente se seu pet não usa produtos adequados contra carrapatos", comenta a veterinária.
Depressão, desidratação e anemia são alguns dos sintomas que aparecem quando o animal está contaminado.

Já com relação ao sol, atenção redobrada aos cães gatos de pelagem clara e pelos curtos. A especialista orienta que a exposição ao sol é importante para a fixação de vitamina D, mas a permanência excessiva pode resultar em uma dermatite. A orientação é ter o filtro solar sempre em mãos e não esquecer de passar também nos focinhos! Sapatinhos são bem-vindos para evitar queimaduras nas patinhas.

Quanto à alta temperatura, cuidado com a prática de atividades físicas e passeios longos. Tente escolher um horário em que o sol não esteja tão forte, e para os pets com sobrepeso ou cardíacos, devem ser orientados pelo médico veterinário.


Compartilhe: